Á luz da lua

Diz-se que a sorte quem dá é Deus, e nas loterias é o Camões, ainda que nesse ponto haja seria divergencia entre o Venancinho, o Botelho da casa Mascotte, o Seabra, o Conde, o Cardosinho e muitos outros que disputam a primazia em fazer a gente rica por meio dos gasparinhos, e processos correlativos.

A verdade, porém, é que quem deu sorte nesta semana foi o Cava...nellas, que tem sido uma verdadeira loteria nesta terra, onde tem dado sota e az. ora cavando nelles e agora cavando nellas...

O caso passaria em silencio, si o Malho não aparecesse agora para mostrar que também é alho e traz no programma dizer a Verdade, verdadeira, inteira, mettendo num chinello os collegas que ultimamente tem apparecido com o mesmo programma, mas respeitando sempre esta outra verdade: nem todas as verdades se dizem, principalmente quando se trata do Cava...nellas.

A imprensa que mama e a que não mama não souberam do caso que traz a policia em movimento ha muitos dias, ainda que seja advogado do Cava...nellas um jornalista que é diretor de uma das folhas mais abelhudas que tem havido nesta terra e por isso o Malho deixaria de cumprir o seu programma si não empurrasse a marreta nessa grossa patifaria; e, portanto, lá vai obra.

O Cava...nellas cavou nelles, arrecadou arame em penca durante muito tempo e depois andou virou e mexeu, foi á Europa e foi á África, mas nunca a sorte lhe foi contraria, e assim ainda seria, si não o fôra o raio d'essa sociedade dos Fenianos, que a elle tem sido tão cara, taes as peripecias em que o tem envolvido.

Mas o melhor é não contar a cousa como a cousa é contada, e sim repetir o que reza a queixa da victima e o respectivo corpo de delicto; e como nem tudo se pode dizer em publico e raso, a intelligencia do leitor supprirá as cores mais carregadas que omittimos no quadro em que mestre Cava...nellas, armado de brocha, pintou a carepa, fazendo jogo pelo moderno, abandonando o systema antigo, onde elle tanta sorte tem tido, com a ajuda da fortuna. Varietas delectad, dizia o outro que era entendido nessas cousas; e, seduzido por essa verdade, mestre Cava...nellas metteu se em funduras, verdadeiro becco sem sahida, e d'onde dificilmente escapará: cahiu no poço.

O inquerito está correndo na policia, no mais absoluto segredo de justiça, mas manda a justiça que se diga que não ha segredos para quem tem o segredo de saber fazer fallar quem falla nos autos do processo, e assim podemos malhar com justiça, contando a verdade verdadeira.

Contemos o caso, acompanhando a queixa.

Foi nos Fenianos, no dia em que se festejava Momo e na hora em que o calor estica os nervos e o fogo atiça o coração; foi no apogeu da festa que elles sentiram necessidade de respirar um ar mais puro, á beira do mar. Champagne não é brincadeira, nem engana a gente, e quem pensar que elle fica no pandulho, ha de ve-lo surgir na cabeça, fazendo diabruras.

E mestre Cava...nellas, que a vira acclamada pela multidão, quando a sua belleza resplandecia no alto do carro carnavalesco, teve um lubrico desejo...

E partiram para respirar o ar puro do mar, longe d'esse bulicio infernal.

Foi em Copacabana.

A lua, triste e melancholica, iluminava a praia deserta, espiando com olhar de fogo todas as patifarias que vão cá pela terra.

Ninguém soube por muito tempo que scenas se desenrolaram nesse scenario magestoso, mas um actor ou pintor da força de Cava...nellas não podia ter feito obra limpa nem asseiada.

Verifica-se agora que as nuvens em dado momento, deviam ter velado a face da lua, que, triste e melancholica, iluminava a essa hora a praia deserta, visto o medico da policia, ao fazer exame da victima, ter dito: Caramba! que homem, esse Gregoriio Cava...nellas.

E só queremos ver como anda a policia nesse negocio, em que coube a intervenção do Malho.

 
 
Pensamentos  

Ó vós, que, com a Prefeitura,
Negocios diversos tendes:
Sabeis que é fonte segura,
Das 10 da manhã em deante,
conversar com o despachante

Leite Mendes

 

Galeria

O preto não ensina só grammatica,
-É pelo menos o que o mundo diz;
Mette se na dynamica e na estatica
E em muitas coisas mais mette o nariz.

Dizem que, quando ensina mathematica,
Os signaes de mais b, de igual a x,
Em vez de lousa, com saber e pratica,
Sobre a palma da mão escreve a giz.

Uma aluna dizia:
- este Hemeterio
fez da sciencia um verdadeiro angú,
Com que empanturra todo o magistério.

E é um felizardo, o principe zulú:
Quando manda um parente ao cemiterio,
Tem um lucto barato:
- fica nú.

 
 
< Página anterior

O Malho on line é um trabalho de preservação histórica do site Memória Viva

O número da página, no topo, refere-se à versão on line.