29 de agosto de 1959

Também nesta edição:

O Amigo da Onça

Gastão,
por Raquel de Queiroz

Prisão perpétua para o 475
O noivo, um presidiário.
A noiva, uma vedete do teatro.
Foi o casamento mais espetacular
e a lua de mel mais curta de 1955.
O Pif-Paf
Do frio que senti nada disse.
Pois o pior é receber a extrema-unção sabendo que se vai
viver mais trinta anos.